quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

( na paisagem bela e incomparável do saudoso Timor leste )
A casa...


e a casa fecha-se
como uma flor que se gasta

agora
as palavras sobem-na
como raízes
devoradoras
sobre os olhos
entaipados

há esse amor
um vermelho muito alto
tão alto
e a morrer, a morrer
como sangue ao relento
ou livros abandonados
no chão da memória

no desejo

e há um adeus muito triste
um céu antigo
que tudo cobre sem gritar

ternura
é a ternura meu amor
é esta fogueira medonha que se apaga
no coração silencioso
do tempo frio

a casa, amor
o punho fechado do destino
roendo
o que os olhos largaram na rua
o que as mãos pousaram
no coração
para sempre, para sempre, para sempre

In: gil t sousa

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Dói...

A solidão faz-me mal e sei que não há solução… tento manter a cabeça ocupada, sempre na ânsia de esquecer tudo o que me ocorre em momentos como este…

Dói saber que tudo se acaba num ápice… dói saber que há tantas palavras num simples olhar …

Dói saber que fica tanta coisa para trás e outra tanta por dizer… e tu sabes que dói…

Dói e sabes que dói não ter noticias tuas… mas a vida ensinou-me que as coisas são mesmo assim… hoje sofro e amanhã, depois de lambidas as feridas já não há mais nada e tudo não passa de meras e agradáveis recordações… mas dói virar as costas e dizer adeus… dói sempre…

sábado, 25 de dezembro de 2010

snapshots 24 para 25 de Dezembro de 2010

Reflexions... SBV SJP... já passava da meia noite...

Um amigo, daqueles que sabemos que é para a vida!!

Será que está a ver o pai Natal? Ou um momento de descontracção, pensando naqueles em que não se chegou a tempo?

O Portugal profundo tem destas coisas...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Bom Natal!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Falta-me coragem...

A mim falta-me coragem para fazer isto, mas que está potente, disso não há dúvida!
parabéns Pedrinho 117 :)
és um Bombeiro de corpo e alma!
ah e tatuado também!! :))

sábado, 4 de dezembro de 2010

No dia 2 de Dezembro de 2010, muitas das pessoas que estavam paradas no I.P.4 na neve, puderam chegar a casa muito por causa deste " bixinho", conduzido pelo Srº Comandante " Joca" que fez um trabalho notável pelo que pude testemunhar!
Não é segredo para ninguém a minha vontade de mudar de ares e de não concordar com algumas coisas que se fazem nos Bombeiros de Macedo, mas contra factos não há argumentos!! os meus parabéns e o meu reconhecimento publico ao Srº Comandante Joca!
Excelente trabalho!

terça-feira, 30 de novembro de 2010


O cansaço marca alguns dias da minha vida... a cura para isso é...

Não sei bem e não me apetece pensar sequer nisso… prefiro ficar por aqui, voando assim para ali e permanecer imóvel na cadeira a olhar para o infinito de olhos fechados…

Todos os sentimentos que partilhamos não têm nexo e na minha opinião nada é real… tento segurar um sonho agradável na minha memória e de repente dou comigo a cair de um precipício que não tem mais de 50 cm… estranho…

Julgo ser melhor agarrar-me ou que tenho na minha vida… os sonhos, as ambições e as minhas ilusões…

domingo, 21 de novembro de 2010

A lua hoje estava assim... timida,
...a querer brilhar no meio de nuvens carregadas... mesmo assim, mostrou o seu esplendor!!

sábado, 20 de novembro de 2010

simplesmente fenomenal


Adorei! é um spot publicitário da Coca cola que diz muito... mas cada um que faça a sua interpretação... porque anda metade das pessoas deste mundo doidas e a outra metade... está quase...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Quem gosta do que faz, parece que está sempre de férias!!!



( foto Pedro Santos)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Aqui está uma pequena amostra do meu dia a dia, daquilo que me faz vibrar, daquilo que me faz conduzir como "um maluquinho"... Se ao menos um dia partilhassem o sentimento de salvar uma vida, aqueles que criticam, talvez atingissem o porquê de tanto barulho das sirenes, da velocidade, da cara de desesperado de quem quer ultrapassar e não consegue...
O melhor da minha vida, faço-o pela vida dos outros!!!

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Parabéns mano!! Como sempre, és uma inspiração!!


"Contra obstáculos e desânimos... A vontade de vencer é sempre mais forte. Mesmo na foto se vê a luz ao fundo... Está tão perto o objectivo final!"

( Alfredo Fernandes )

sábado, 16 de outubro de 2010

Fez ontem precisamente 6 anos que vesti pela 1ª vez a camisola do INEM!
Já lá vai um tempinho...
Apesar do tempo passar, nada mudou e cada dia é mais um desafio, a descoberta de novas sensações e de outras emoções...
Do Porto para Mirandela a diferença foi muita, mas tudo na vida deve ser encarado como um desafio que nos vai enriquecer... e Timor, foi o maior desafio que esta instituição me propôs! Aceitei-o e não deixei mal nem a instituição nem a equipa, nem a pessoa que um dia acreditou em mim!
Adoro o que faço e esforço-me para estar sempre ao nível da responsabilidade que é usar "a camisola do INEM"!
Infelizmente, nem todos partilham a mesma ideia...
Uma vez disse e hoje repito-o, o melhor da minha vida, faço-o pela vida dos outros!
Com orgulho, com prazer, com dedicação e responsabilidade!!




Com orgulho!!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

1º Forum de Emergência do Distrito de Bragança


Inédito, os "garotos" dos Bombeiros de Macedo conseguiram juntar 200 pessoas num forum de emergência que por acaso até foi o primeiro do Distrito de Bragança!!
Ninguém é insubstituível... só há é pessoas que na hora da verdade fazem a diferença...
Secção Desportiva no seu melhor! Parabéns a todos!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010


O que mais "pica" me dá na emergência, é o facto de nada estar sob controle... cada gesto que se faça é um desafio!!
Há tantos que nos morrem...
Quantos nascem? Poucos!!... O teu sorriso "bonekinha" é o reflexo da felicidade daqueles que acordam estremunhados ao som do telemóvel, andam 25 km por uma estrada sinuosa e assistem ao milagre da vida!!
Poucos têm tamanho privilégio!

domingo, 19 de setembro de 2010

Cruzei-me contigo ontem no denso nevoeiro da noite, a dureza do dia transformou-me o coração num enorme cubo de gelo, gélido como este dia, gélido como a noite que me consome até ás entranhas…Assombram-me os rostos desconhecidos daqueles que deixaram de ter o brilho da vida em seus olhos…O meu rosto encontra-se gasto dos silêncios das sombras. Lembra-me o teu nome, negro e pesado… Que estranho o vicio onde coloco as mãos trémulas de ansiedade e secas de tanto desinfectar. Não, não grites, já não te ouço… a tua voz é um eco de silêncio das noites em que partilho varias emoções… felicidade, tristeza, ansiedade… frieza… Faz-me falta o sono do guerreiro insensível… tudo que guardo, são imagens de um sono turbulento onde pairam sombras desajustadas das imagens reais que me recuso a vislumbrar...

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Novos Rumos...

Em breve tomarei uma decisão que marcará a minha vida uma vez mais!

Não me arrependo das decisões que tomei até hoje, mas por vezes há algumas que doem e fica cá algo que sentimos não estar bem!

É altura de tomar as rédeas a mais um desafio!

Lamentavelmente há pessoas à nossa volta que não param de nos surpreender e infelizmente, não é pela positiva...a mesquinhes humana não tem limites...

Há males necessários... mas acredito que nada acontece ao acaso!

Ninguém é insubstituível, mas na hora da verdade, há os que fazem a diferença!! ;)


(Algures em Espanha, tirei esta foto )



quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Tenho andado ocupado, por aí,... entre Macedo, Mirandela, Torre de Moncorvo, Porto e Vila Real...
Comigo, trago sempre a máquina fotográfica... a minha vida é dedicada a outros, à já muito tempo...
deixo-vos umas fotos da minha actividade diária, ora aqui, ora ali... ora acolá!

No meio de um pinhal em chamas um Bombeiro passa por mim,
18 de Agosto de 2010

Um grupo de Bombeiros de Macedo aproveitam um momento de descontracção, 18 de Agosto 2010


17 de Agosto, é aqui que trabalho!Na Base SIV de Mirandela, trocava-mos de ambulância


14 de Agosto, um incêndio em Alijó devorava uma serra, no site da ANPC dizia que havia aqui dois helicópteros, nunca vi nenhum...
13 de Agosto 2010, um camarada dos Bombeiros de Macedo, despejava água de uma mochila, findo o rescaldo, pronto para regressar a casa.

13 de Agosto 2010, a Serra do Reboredo em Torre de Moncorvo ardia desta forma

quinta-feira, 22 de julho de 2010

E pronto, acabaram as férias! Quer dizer, se calhar nem férias tive já que as passei metido nos Bombeiros... 24 horas por dia, parando apenas aos fins de semana... há quem me chame "chulo" porque resolvi ganhar um dinheirinho extra... mas se acham que sou "chulo" e se continuam a achar que devia continuar a ser o Bombeiro Voluntário que fui outrora e que sou no inverno ,fiquem a saber que, não é qualquer um que se sujeita a isto e aqui vão alguns exemplos:Estão parados, sim, o descanso mais que merecido...julgam que foi fácil chegar aqui?
Acham mesmo? sabem que eu sou pesadinho né... mas desci... quer dizer, rebolei...

38ºC e equipados com a farda não é fácil....

O que aquece protege??? com a qualidade da farda que quem de direito nos disponibilizou, realmente protege... pouco, ou quase nada...

Água, nem sempre está disponível, daí que tenhamos que a beber dos tanques...

Não, não é treta...

Os sustos acontecem com frequência...

Vamos buscar forças bem além das nossas capacidades...

E nem as silvas nos param....

Falta o resto que ainda não consegui documentar em fotografia... por exemplo a fome, não se documenta em foto e olhem que não são só por algumas horas que não somos alimentados...
Tudo isto por 1,70 Eur. por hora... e ainda á Borregos que dizem que devíamos fazer isto de borla...
Não obstante, eu sei, que muitos ainda me vão dar na cabeça por estar a sustentar a "máquina" da ANPC... eu sei bem o que faço! Estados de inconsciência, só as vezes...

terça-feira, 20 de julho de 2010

Simplesmente porque gosto

As diferenças entre portugueses e espanhóis são inúmeras e eu sempre me orgulho e orgulharei de ser português. Mas há uma característica que tempos como povo que nos mata, a falta de auto-estima que tanto abunda na vizinha Espanha. Hoje, ao entrar num táxi saído do aeroporto de Barajas (Madrid) digo ao taxista, numa de português simpático a tentar agradar, que o tempo está quente e que gosto muito de Madrid, mas é pena ser uma cidade com um clima terrivelmente quente no verão e frio no inverno. E aí o taxista deu-me uma resposta que nenhum português daria, “Sabe”, disse taxista, “Madrid é uma cidade perfeita e mesmo o clima é quase-perfeito!! Com mais dez graus no Inverno e menos dez graus no Verão seria mesmo o paraíso!” Resposta extraordinária, pois são exactamente esses dez graus a mais ou a menos, que fazem com que a cidade seja insuportável do ponto de vista do clima. E que às oito da noite não me deixavam, nem a mim nem a ele, conseguir respirar num táxi sem ar-condicionado, a entrar numa cidade deserta pelo calor. Se fosse um português aposto que teria dito, “Sabe, Isto neste país já nem o clima se aproveita!”. A auto-confiança ou auto-estima, como lhe queiramos chamar, constrói-se desde o berço e sobretudo através de um sistema escolar que nos faça acreditar que somos capazes. Os EUA, onde estudei alguns anos, são especialistas em criar esse ambiente fomentando uma auto-confiança no indivíduo extraordinária, através de mensagens positivas. Parece que foi ontem e já lá vão 10 anos, que aterrei em Boston e fui à minha primeira aula na universidade. Num inglês medonho, faço um comentário tonto no meio de 80 pessoas e sinto-me mal, mesmo incomodado. Penso, nunca mais abro a boca. No fim da aula o professor aproxima-se e diz-me, “ Carlos - Great Job! Keep it up”. Fiquei alucinado! E quase acreditei que o meu comentário não tinha sido assim tão mau, o que me fez no dia seguinte voltar a participar sem aquele medo típico, que em Portugal temos, de dizer asneiras em frente ao professor. Se ele me tivesse dito, “Carlos – para próxima pensa bem no que dizes e talvez valha pena teres aulas de inglês”, tal teria sido a morte do artista. Aquele dia marcava a minha entrada num sistema em que os alunos são motivados pela positiva o que os faz querer ir mais longe. A função do professor é mais do que ensinar, é ajudar o aluno a acreditar que pode conseguir. Acreditar que é capaz. Obviamente e como diz um amigo americano, não há sistemas perfeitos e o positivismo americano em excesso cria muitas vezes as suas tragédias, e dá como exemplo a Sarah Palin que acredita tanto nela que não tem consciência dos seus limites, que são muitos. Por isso, nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Mas um pouco mais de auto-estima, como povo, não nos faria nada mal !!

Fonte : http://31daarmada.blogs.sapo.pt

sábado, 17 de julho de 2010

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Sim, eu sei que não tenho andado por cá... não fugi, mas ando por aí, tentando viver a minha vida que se vai vivendo um relação a outrem...
Entretanto, é sempre bom viver a vida em relação a quem se ama e a quem nos faz bem... penso que é um direito bem mais que merecido, apesar de me esquecer muitas vezes daqueles que me amam verdadeiramente e que puseram neste mundo!
Para eles, quase nunca tenho tempo, mas os meus pais, são sem dúvida a minha maior referência e o meu maior orgulho!! apesar de tudo, quase nunca resta tempo para lhes dizer o quanto os amo e o quanto os admiro... fica aqui o registo!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Lembro-me de andar doidinho com isto! Até havia uns cromos em que saia uma "xicla" e uma personagem em plástico do DARTACÃO! Tinha quase todos e até de sobra e fazia grandes guerras!
Coisas da minha infância! :)

Vejam aqui um pequeno episódio!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Julgo que haja coisas escusadas na vida... preferimos agarrar e a dar valor às coisas más que ela nos proporciona, do que abraçar os raros momentos de alegria e beleza... Acho que todos andamos muito enganados em relação à nossa existência...

eyes...

segunda-feira, 7 de junho de 2010


Amor de minhas entranhas, morte viva,
em vão espero tua palavra escrita
e penso, com a flor que se murcha,
que se vivo sem mim quero perder-te.
O ar é imortal. A pedra inerte
nem conhece a sombra nem a evita.
Coração interior não necessita
o mel gelado que a lua verte.

Porém eu te sofri. Rasguei-me as veias,
tigre e pomba, sobre tua cintura
em duelo de mordiscos e açucenas.
Enche, pois, de palavras minha loucura
ou deixa-me viver em minha serena
noite da alma para sempre escura.

(
Garcia Lorca )

terça-feira, 1 de junho de 2010

Por vezes sabe-me bem parar para olhar o horizonte e perpetuar o silêncio destas terras transmontanas que me viram crescer!

São momentos raros que me reconfortam a alma e me dão força para enfrentar a noite que se avizinha...

sábado, 29 de maio de 2010

Depois de 24 horas o que preciso é mesmo disto!!!



BOA NOITE!!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Às vezes perdemos a fé, então descobrimos que precisamos acreditar tanto como precisamos de respirar, é essa a nossa razão de existir. Às vezes estamos sem rumo, mas alguém nos oferece uma bússola... ou nos dias de hoje um gps!

( parque eólico da Serra de Bornes )